full screen background image
quarta-feira 18 setembro 2019
  • :
  • :

O melhor presente de Dia das Mães

O melhor presente de Dia das Mães

Todas as mães esperam um presentinho no Dia das Mães. As mais emotivas gostam de cartas, declarações de amor, cartões, bilhetes… As mais práticas e trabalhadoras adoram quando os filhos ou companheiros dão o tradicional tiro certeiro, presenteando com bolsas, roupas ou sapatos. As mais sonhadoras esperam ganhar joias. Para cada uma, há um presente ideal, que as famílias vão percebendo ao longo do tempo – e, ainda assim, às vezes erram na escolha. Mas Deus nunca erra!

Duvido que alguém tenha recebido um presente mais valioso, mais emocionante que o meu: EU ME TORNEI MÃE NO DIA DAS MÃES!

Era 8 de maio de 1994. Há dias eu esperava que a bebê desse o seu sinal de que estava pronta para vir ao mundo. Na noite anterior, fui a uma festa, voltei tarde pra casa, com uma leve dorzinha abdominal. Mas dormi bem. Acordei sentindo que a pressão no ventre estava um pouco maior. Mas, como mãe de primeira viagem, não sabia se eram contrações. Como morava a menos de uma quadra da maternidade, decidimos ir até lá, já com a malinha pronta, porque estava decidida a ficar e só voltar pra casa com minha doce Paola nos braços. Afinal, era Dia das Mães, eu não queria esperar mais um dia.

Na verdade, já estava preocupada, porque a menina estava passando da hora de chegar. Ainda bem que confirmaram que era mesmo o que eu pensava: ela estava querendo sair.

O parto não demorou, mas teve alguns imprevistos. Não poderia ser parto natural. Fomos para a cesárea. Mas o anestesista não estava. Precisamos esperar um tempo que pareceu uma eternidade. Quando a pequena enfim saltou pro nosso mundo, já veio chorando forte! Meio-dia e dez! Impossível descrever o que senti naquele momento. Queria rapidamente ver a carinha dela… Fomos para o quarto, felizes da vida. Recebemos visitas, tudo nos conformes.

Na manhã seguinte, ainda no hospital, mais um susto: cadê meu neném? Eu olhava pelos corredores que os bebês estavam sendo entregues nos outros quartos (naquela época eles não ficavam o tempo todo com as mães, mas no berçário), mas a minha Paolinha não chegava. Não tive dúvida: saltei da cama e fui procurar. Nem sabia onde era o berçario, mas encontrei. Quando perguntei para a enfermeira onde estava meu bebê, ela me respondeu: O pediatra já vai descer no quarto pra conversar com a senhora.

Meu Deus, que angústia! Logo ele me explicou que ela tinha um probleminha simples, excesso de glóbulos vermelhos. Precisaria ficar na Unidade de Terapia Intensiva! UTI!!! Isso não estava nos nossos planos, no nosso mundo cor-de-rosa. Havíamos perdido uma sobrinha recém-nascida um mês antes e, claro, a palavra UTI nos assombrava. Foram oito dias de rotina hospitalar, com horário pra visitar a baixinha, obedecendo aos rituais rígidos para ingressar naquele ambiente frio e triste. Mas passou!

A menina foi pra casa e, desde então, lá se vão 24 anos de uma saúde de ferro da menina que é forte como um touro. Aliás, sob o signo de touro, o que a faz conseguir tudo o que quer. Reinou absoluta como filha única por 20 anos. Há quatro, ganhou uma irmãzinha, a Beatriz. Mais uma vez, passei pelos mesmos sonhos, medos, angústias e fascínios. Mais uma vez me apaixonei. Ser mãe dói, aperta o peito, tira o sono… Mas tudo isso é nada perto da sensação de ter por perto essas preciosidades. Ser mãe faz a gente acreditar que é super-herói, que pode tudo, que nada vai derrubar. E sabe que é isso mesmo?

 




3 thoughts on “O melhor presente de Dia das Mães

  1. Niele Melo

    Adi que texto mais lindo e verdadeiro! 🙏🏻👏🏻❤️🌹😍😘. Ser mãe é isso mesmo ! E não duvidem nós temos Superpoderes sim…sabemos ser INVISÍVEIS quando é necessário estar por perto sem que eles percebam nossa presenca, temos OLHOS COM VISÃO DE RAIO LASER para protegê-los dos perigos q eles não enxergam, temos a famosa CAPA que no nosso caso é o MANTO da Mãe de todas as mães a quem suplicamos auxílio quando percebemos q não vamos dar conta sozinhas e VOAMOS sim acreditem… e foram vcs filhos q nos deram esse poder no dia em que chegaram ao mundo e nos fizeram sentir nas nuvens de tanta alegria! Parabéns a nós da LIGA DAS SUPERPODEROSAS ❤️

    responder
  2. Rubens

    Lindo demais, minha doce amiga! A alegria de ter um pequeno pedaço da gente nos braços é indescritível! Deus te conceda ainda mais alegrias e felicidades plenas com suas duas baixinhas!
    Salve o Dia das Mamães!
    Parabéns!!

    responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com